Este Blog tem o objetivo de apresentar registros

fotográficos e comentários sobre corridas de rua.



Inscrições a partir de 15 de MAIO - http://corre10.ne10.uol.com.br

Inscrições a partir de 15 de SETEMBRO - http://corre10.ne10.uol.com.br

sábado, 26 de maio de 2012

CORRENDO DE 10 A 100 km


Depois de muitos meses de treinamento, quando o atleta amador consegue completar uma corrida de 10 km, parece que um sinal em seu cérebro envia automaticamente uma mensagem: VOCÊ PODE CORRER MAIS !

Empolgado, logo a criatura e se inscreve em uma meia maratona (21 km) e justifica para os “amigos não corredores” que ele quer apenas completar a prova. Sim, ele está buscando saúde, apenas isso.

Na largada da meia maratona, além do desafio de conseguir correr os 21 km, ele escuta muitas pessoas falando em fazer um tal de “sub2”, como se isso fosse uma questão de honra.

O que é um sub2?
Agora já não dá mais tempo de descobrir, pois o tiro de canhão anunciara o início da prova.
Animado por aquela atmosfera de atletas com cara e jeito de profissionais, a largada aconteceu como se o mundo fosse acabar. Todos correndo na mesma direção e o mais rápido possível. Sobreviver a esse ritmo alucinante não seria uma tarefa fácil. Existiam muitas coisas para se administrar naquele momento. Da vontade de fazer xixi à falta de energia no quilômetro 16, do corpo pedindo para parar à cabeça mandando continuar. Esse equilíbrio seria difícil de estabelecer. Razão versus emoção. O atleta decidiu ficar com a emoção e correu com o coração. Adiante, a placa do quilômetro 20 seria o incentivo que faltava para disparar e ultrapassar vários corredores que tinham “quebrado” no trecho final. Nesse momento, a gente se sente um herói alcançando a glória de um atleta olímpico. O sorriso finalmente surgiu.
Passando pelo portal, o relógio marcava 01:59:50. O atleta amador, que ainda não tinha cara de profissional, recebia os cumprimentos dos “amigos desconhecidos” como se ele, agora, fosse especial. Muito especial.

Mas o que isso quer dizer?

Inicialmente, que muitas dores surgirão, como se o corpo estivesse protestando pelo exagero cometido. Depois, no dia seguinte, que você caminhará todo esgulepado. Logo os amigos “não corredores” vão perguntar ironicamente se isso de fato faz bem para a saúde, fazendo um gesto negativo com a cabeça. Geralmente isso acontece porque eles nunca experimentaram os efeitos da endorfina, os efeitos que um sub2 na meia maratona pode proporcionar à cabeça de uma pessoa comum. É uma delícia. É como se você chegasse ao paraíso.

Entre o paraíso e o período de recuperação, um amigo telefonou e disse que se lembrou de você, pois havia recebido um email anunciando uma corrida de 42 km. “Hã! Como assim? Não, de jeito nenhum! Não tenho lastro para participar de uma maratona. Correr por horas seguidas com esse sol aí fora é coisa de louco.” Afirmações precipitadas para quem tinha dado sinais de que já era um viciado nos quilômetros...
Mas aquele diabinho ficaria ali, no “pé do ouvido”, tentando: “Quem corre 21, corre 42 !”
Adivinhe o que aconteceu? Acertou!

Com a inscrição da maratona efetuada, agora o longão e o gel de carboidrato passariam a ser, respectivamente, a principal atividade semanal e o item indispensável da feira durante os próximos três meses. Nesse período, o aspirante a maratonista compraria muitas revistas especializadas no assunto e tentaria compreender uma pouco mais sobre o universo das maratonas.

Inscrição feita, passagem comprada e hotel reservado. Chegou o grande dia da maratona, da estreia na bela distância. Depois de três meses treinando, sonhar com um "sub4" fazia parte dos seus pensamentos. Embora isso não fosse prioridade, parece que a reputação do candidato à maratonista estava em jogo.
Infelizmente, aquela não foi a melhor experiência de corrida de sua vida.  Nesse dia, o verbo se arrastar foi conjugado com perfeição. Dessa vez, o atleta foi um “sobre5”. Que decepção!

Na chegada, todo doído e abatido, a decisão de nunca mais correr uma maratona já estaria tomada.

Passados alguns dias da fatídica experiência, a curiosidade em saber notícias da frustrada maratona era mais forte. No site da prova, o corredor encontrou a sua foto. Ficou feliz e sorriu. Depois, entrou em muitos blogs de corredores amadores que comentavam sobre a prova e contavam as suas histórias, verdadeiros apaixonados pelos quilômetros. Descobriu uma energia inexplicável naquele universo das corridas e dos blogueiros. Leu atentamente cada post e seus respectivos comentários. Cada corredor contando sobre suas estratégias, angústias, sonhos e histórias de maratonas. Percebeu que essas pessoas pareciam muito felizes e que tudo isso fazia muito bem para a cabeça, como se fosse um remédio para todos os males.
Em um dos blogs, viu a propaganda da ultramaratona DESAFIO 100 km DO FRIO (Caruaru x Garanhuns) e ficou pensando: "Será que eu consigo?"

16 comentários:

  1. Hei Gilmar,
    Vi nesse momento passar um filme na minha cabeça e posso garantir que de 42,195 o mundo
    fica sendo o limite.... Pode 50...75...80 e muitos outros quilometros pela frente...
    Parabéns pelo retorno nas corridas e boa sorte nos 100km...

    Bjks

    Meire/BH-MG

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meire,
      Se o povo da ACORJA descobrir que pode mais do que 100 é capaz de alguém se aventurar em um DESAFIO DOUBLE (200km).
      Já imaginou um bate e volta?
      Nessa prova, estou inscrito na categoria dupla. Farei "apenas" 50km.
      Beijão!

      Excluir
  2. Quem seria o corredor inspiração desse post?? Pura verdade; abração

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ricardo,
      Na verdade muita gente participou no processo de inspiração desse texto.
      Viu lá o tempo da meia maratona?
      Certamente muitas pessoas se identificaram com partes dessa história, principalmente quando dá aquele estalo de que o atleta pode correr mais.
      Ainda estou inseguro com o joelho, mas hoje ele se comportou bem em uma corridinha de 5 km. Amanhã, vou para o derradeiro teste: 15 km com as feras da ACORJA. Se ele suportar, vou para o Desafio com tudo!
      Grande abraço!

      Excluir
  3. Gilmar
    Não sei se ainda existe um joguinho de vídeogame chamado "come-come"... Uma boquinha num labirinto ia comendo os pontinhos que estavam a sua frente...
    E nós? Vamos ficando viciados para "comer" mais quilômetros a cada dia...
    Parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Simone,
      Escuto muitas histórias de corredores e vejo que elas sempre terminam nas longas distâncias.
      Come come... Boas lembranças dos anos 80...
      Valeu!

      Excluir
  4. Ahhh meu amigo, seu joelho só fez proteger seu corpo de possíveis excessos. Acredite! Tudo sairá melhor do que o planejado.

    Eu estou aqui aflita, mentalizando esse desafrio (que de frio não terá nada, vai colocar os motores para ferver), mandando energias positivas para todos que participarão dessa linda festa.

    Ano que vem, se a ultra sair como estou imaginando, me arrisco a fazer quarteto ou dupla com vocês :)

    Força ACORJA! Força para todos os corredores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Drica,
      Assim espero. Gostaria que o joelho não falhasse na hora mais importante.
      Hoje, fiz uma corrida de 15km em ritmo suave, para não machucar o que aparentemente está curado.
      Holanda me disse que você está dando uma força para a ACORJA organizar uma tenda durante as 24h dos Fuzileiros. Se for verdade, vai anotando aí na sua cadernetinha o tamanho da dívida, tá!?
      Obrigado pelas boas energias.
      Beijão!
      Gilmar

      Excluir
  5. Muito bom esse seu post Gilmar.
    Me senti super motivado ao lê-lo e não tenho dúdida de que irá motivar muita gente ainda.
    Grande abraço e sucesso.


    tutta/BALEIAS/PR
    www.correndocorridas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tutta,
      Essa é a intenção, motivar a turma que um dia tinha medo dos 10km e hoje abraça os 100km.
      Grande abraço!

      Excluir
  6. O sonho de ser um maratonista, está contido no coração de cada corredor de completar os 42,195km
    Quando acontece em nossas vidas a primeira corridinha de 10KM e completamos, que maravilha!
    O orgulho de ser um verdadeiro corredor!! espalha para todos amigos eu conseguir fazer 10KM .
    Finalmente a primeira maratona,consegue completar os 42,195km com dificuldade, mas o importante é completar e ganhar a primeira medalha de maratonista que felicidade!! mas reclama e grita não quero mais sofrer desta maneira é a primeira e a última, isto é um massacre para qualquer ser o humano!!! Orgulhoso e feliz por alcançar o grande feito, na mesma semana esquece do sofrimento e já pensa e outra aventura, outra maratona, ai sim faz bonito termina como sub4, que alegria!! Não demora muito e já pensa em fazer uma ultramaratona,e consegue surpreender
    e faz a primeira ultra 89km a SUPERAÇÃO!!
    Acha pouco agora que 100KM e depois a 24h.
    Qual será o próximo desafio!!!
    É preciso SONHAR GRANDE. Cuidem-se !!
    Abraço
    LULA HOLANDA

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Holanda,
      Tenho medo que você sonhe com o DESAFIO DOUBLE 200 km DO FRIO. Rss.
      A sua história também está aqui, um exemplo para todos os corredores que tudo é possível, basta querer.
      Lula, nesse fim de semana vamos sonhar grande e superar qualquer dificuldade. Os 100 km do Frio já estão no papo!
      Abração!

      Excluir
  7. Emerson Barbosa(Prefeito 0800)3 de junho de 2012 04:08

    Gigi BIAL( kkkk)..
    Quando menos esperamos vc vem com mais um texto PERFEITO né.
    Só quem sabe o que é o prazer das corridas(seja lá qual for a distância percorrida), observa que ali a vida se reproduz como um filme... Euforias, tristezas, alegrias e decepções... Mas acima de tudo nos ensinando que nossos limites estão nas nossas mentes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Emerson Prefeito 0800,
      Se existe perfeição, certamente ela foi recolhida das requintadas passadas dos corredores.
      Concordo com você em relação ao limite mental. Mas se o planejado não superar as expectativas, a festa estará sempre garantida entre os bons amigos.
      Grande abraço!

      Excluir
  8. amigos do geito deste txt...estou começando aos 62 anos...
    a são silvestre já foi...proximo 25 km...28 de abril...rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir
  9. amigos do geito deste txt...estou começando aos 62 anos...
    a são silvestre já foi...proximo 25 km...28 de abril...rsrsrsrsrsr

    ResponderExcluir